All for Joomla All for Webmasters

Elfen Lied serviu de inspiração para a série Stranger Things

Para quem acompanha a série Stranger Things, não é incomum encontrarmos referências de outras obras conforme se passam os episódios. Isso, obviamente não é coincidência nenhuma, visto que o criadores da série – os Duffer Brothers – revelaram terem se inspirado nos filmes como “E.T. – O Extraterrestre“, “A Hora do Pesadelo“, “Poltergeist“, “The Ghostbusters“, entre vários outros. Mas o que não muitos sabiam é que referências orientais também serviram de inspiração, sendo uma delas chamada “Akira“, considerada uma obra de arte japonesa que inspirou um novo estilo de mangás.

Porém, o lado oriental da coisa não para por aí: Recentemente, em uma entrevista para o site Daily Beast, eles contaram que existe também uma conexão de Stranger Things com o anime Elfen Lied. Revelaram que depois de terem assistido, várias coisas do anime foram transportadas para a série, mais precisamente sendo uma conexão para a personagem principal entre ambas as obras, onde foram tratadas como aberrações e objetos de estudo por seus poderes telecinéticos.


Elfen Lied começou como um mangá criado por Lynn Okamoto, em 2002. O sucesso foi enorme e uma adaptação em anime foi feita em 2004, que traz os acontecimentos da obra original de forma um pouco diferente.

“A história se passa na cidade japonesa Kamakura, e começa com a fuga de Lucy, uma poderosa Diclonius Rainha (uma mutação da raça humana que possui chifres e poderes telecinéticos), de uma ilha, um centro de pesquisas, fortemente protegido por um exército armado, com uma instalação científica enorme. Na tentativa de impedi-la, um sniper acaba acertando seu capacete, derrubando-a no mar. Tempo depois é encontrada por Kouta e sua prima Yuka na praia da cidade, sem roupas, sem memória alguma, com comportamento de uma criança pequena. Morando com Kouta, Lucy tem de se proteger das forças enviadas pelo laboratório que estão à sua procura.”

Curiosidades sobre animes

Curiosidades sobre Games

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *